Estudo de Caso EasyTemp: GPA

Você já ouviu falar em Varejo 4.0? É um conceito que integra a Internet das Coisas (IoT) aos processos de compra e venda, a fim de melhorar a experiência para ambos os lados ― vendedores e consumidores.

Especificando melhor, a nova era do varejo lança mão de processos digitais para mensurar o tempo de permanência das pessoas em um estabelecimento, rastrear o percurso de um cliente dentro da loja e até permitir que ele pague suas compras sem precisar se dirigir ao caixa.

As possibilidades, no entanto, não param por aí. No caso dos supermercadistas, é possível trazer mais tecnologia para realizar processos cotidianos com muito mais economia e praticidade. Afinal, o setor arca com um prejuízo anual de R$ 470 milhões em produtos perdidos, muitas vezes por falhas no controle da cadeia de frio.

Foi com isso em mente que a GreenYellow desenvolveu uma solução que vai revolucionar o varejo alimentar: o EasyTemp .

EasyTemp é uma tecnologia para monitoramento de temperaturas em balcões e geladeiras. Ela é rápida, remota e totalmente sem fio, exibindo resultados contínuos em tempo real.

Para exemplificar o uso dessa ferramenta, trouxemos um estudo de caso com base no projeto-piloto que realizamos para o GPA ― com quem trabalhamos há 2 anos para construir uma solução personalizada de IoT para o varejista.

Foram 6 meses de piloto e 1.300 sensores distribuídos por 15 lojas do GPA. Nas próximas linhas você confere os objetivos e desafios propostos, a solução encontrada e os resultados obtidos. Acompanhe!

Objetivos gerais

Em linhas gerais, a EasyTemp foi desenvolvida para:

  • Levar inovação ao setor a partir de uma solução confiável e escalável para monitorar geladeiras, balcões quentes e câmaras frias;
  • Encerrar as medições manuais de temperatura a fim de garantir padrões de segurança alimentar e cumprir com requisitos legais;
  • Melhorar o controle da cadeia de frio, evitando perdas de produtos e reduzindo custos.

Como benefícios, podemos apontar:

  • Retorno sobre investimento (ROI) imediato;
  • Controle de ativos;
  • Economia de energia e perdas;
  • Alertas de manutenção para correção preventiva.

Desafio proposto

Antes da instalação dos equipamentos EasyTemp, as lojas selecionadas apresentavam um controle manual ineficiente da temperatura.

A situação era a seguinte:

  • Medições manuais da temperatura das geladeiras e balcões;
  • Sem visão centralizada para análises e acompanhamento;
  • Sem alarmes para acompanhar desvios;
  • Baixa eficiência energética em função de parâmetros incorretos;
  • Uso de mão de obra qualificada para tarefas de baixo valor agregado.

Solução encontrada

A GreenYellow propôs uma solução IoT que permitiu medições 100% automatizadas, em tempo real e com alta confiabilidade dos dados.

A estratégia também incluía:

  • Visão centralizada e alarmes automatizados;
  • Melhor eficiência energética;
  • Redistribuição da mão de obra.

Todas essas mudanças afetaram de maneira positiva o funcionamento dos equipamentos. Em resumo, podemos citar:

  • Criação de um algoritmo inteligente capaz de diferenciar degelo de mau funcionamento, gerando somente alertas relevantes para tratativa de problemas;
  • Relatórios automáticos para cumprir normas sanitárias;
  • Redução de riscos e responsabilidades na cadeia alimentar;
  • Controle efetivo da segurança alimentar;
  • Aumento da eficiência energética em balcões, câmaras frias e casa de máquinas com reajuste dos degelos e temperaturas de funcionamento.

Resultados obtidos

Os resultados superaram as expectativas de todos os envolvidos.

Para se ter uma ideia, 100% das quebras foram identificadas. Nesse mesmo período, também comparamos as lojas com e sem a solução EasyTemp, observando 11% a mais de redução de quebras nas unidades com o sistema instalado.

Isso representa um potencial de milhões de reais evitados ao se considerar todos os estabelecimentos. Como exemplo, tivemos o alerta gerado em uma loja específica e que evitou uma perda aproximada de R$ 240 mil em apenas um dia.

Em termos de eficiência energética, a reparametrização dos degelos reduziu de 5,2 para 2,7 degelos ao dia, resultando em ganhos de 359 MWh por ano — o equivalente ao consumo de dois minimercados.

O sucesso do piloto foi tão grande que todas as lojas do GPA contarão com a solução!

Viu como o Varejo 4.0 e a Internet das Coisas podem revolucionar o seu negócio? Então não perca mais tempo e leve as soluções da EasyTemp para o seu estabelecimento!

Fale com a gente agora mesmo e solicite uma avaliação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você também pode se interessar por:

Se inscreva para receber nossas newsletter e acompanhar todas as novidades GY.