Afinal, como funciona a Eficiência Energética?

Um guia rápido para sua empresa decolar por meio do consumo inteligente.

Imagine que você trabalha no setor de varejo há muitos anos. Mais especificamente, com uma rede de supermercados. Em termos gerais, os negócios vão bem e você não tem muito do que reclamar daquilo que acontece nas lojas — exceto por um problema.

Todo mês, você fica angustiado porque acaba vendo uma boa parte do seu orçamento indo embora na hora de pagar os altos valores da conta de energia.

Cansado dessa situação, você toma uma atitude: vai à internet e pesquisa sobre como reduzir os gastos com energia elétrica. Eis então que você encontra uma tal de Eficiência Energética pelo caminho e descobre que ela pode ser alcançada em qualquer lugar, até mesmo na sua empresa. Tudo, claro, a partir de um projeto.

É aí que você se faz a pergunta mais conhecida de todos os tempos: e agora?

Trocando algumas informações e fazendo alguns ajustes, imaginamos que tenha sido mais ou menos assim que você chegou até aqui. Mas pode ficar tranquilo: eficiência energética não é nenhum conceito difícil de compreender. E nós temos como provar.

Neste artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre o assunto, conferir as etapas para implementar um projeto desse tipo na sua empresa e perceber que tudo isso pode ser executado da maneira mais prática possível.

Vamos lá?

O que é Eficiência Energética?

Em poucas palavras, é uma série de alternativas criadas para otimizar o uso das fontes de energia. Dessa forma, é possível fazer mais consumindo menos.

Podemos ir mais longe e dizer que, além da série de alternativas, ela oferece um conjunto de benefícios irrecusáveis.

É isso mesmo! Com um projeto de eficiência energética, você é capaz de:

  • Reduzir seus gastos;
  • Contribuir com a diminuição dos impactos ambientais;
  • Favorecer a imagem da sua empresa;
  • Ter maior previsibilidade e assertividade na conta de energia;
  • Melhorar sua operação como um todo.

Tudo isso pode ser aplicado a diversas outras situações, já que a eficiência energética também é alcançada em aparelhos de ar-condicionado, motores de alto rendimento, equipamentos de refrigeração, entre outros.

Dito isso, é hora de entender como um projeto de eficiência energética funciona na prática — nesse caso, a partir de uma empresa especializada. Vamos a ele.

Como decolar meu projeto de Eficiência Energética?

Aqui na GreenYellow, utilizamos um protocolo de 5 etapas na hora de formular nossos projetos de eficiência energética. Vamos detalhá-las logo abaixo, porém a última etapa será discutida no capítulo seguinte.

1ª etapa: levantamento de oportunidades

Consiste em levantar os seguintes dados da sua empresa:

  • tipologia e modelo de equipamentos;
  • horários de funcionamento;
  • idade dos equipamentos;
  • valor da fatura atual.

Com essas informações, é feita uma análise inicial das principais oportunidades, o que já torna possível ter uma estimativa se vale a pena ou não seguir com a ideia.

2ª etapa: estudo de viabilidade

Fazemos uma auditoria energética da unidade para detalhar os consumos e verificar soluções de melhoria.

Essa parte do projeto também envolve uma análise dos modelos de negócio possíveis de acordo com o ganho, nível de terceirização e budget da sua organização.

A GreenYellow oferece 3 modalidades:

  • Contrato de Performance
  • Aluguel/BOT
  • Venda Parcelada/Turnkey

Ainda dentro dessa etapa, é necessário prever como seu projeto vai se comportar financeiramente por meio de um estudo de viabilidade econômica.

3ª etapa: projeto executivo

É nesse momento que acontece o desenho técnico do projeto. Como os clientes raramente possuem um projetista quando chegam a essa etapa, muitas vezes acabam contratando-o à parte.

O ideal, porém, é que o responsável pelo estudo de viabilidade também já esteja envolvido com o projeto executivo.

4ª etapa: implementação

Depois de todas as etapas anteriores, finalmente chega o momento de colocar a obra em prática com a compra e instalação de equipamentos.

Esses procedimentos deverão ser realizados durante o período mais favorável à empresa, algo que será decidido no fechamento do contrato.

Medição e verificação: a 5ª e última etapa

Decidimos colocar este capítulo separado dos demais porque, aqui, falaremos de um processo muito importante: monitorar de perto o desempenho do projeto.

A Medição e Verificação (M&V) é um jeito seguro de determinar a real economia gerada após a implementação da obra. Para isso, a GreenYellow segue o Protocolo Internacional de Medição e Verificação do Desempenho Energético (PIMVP), aplicado em mais de 40 países mediante certificação.

Com ele, o processo de M&V tem algumas vantagens para a empresa que passou por uma implementação. Por exemplo: quando a compensação do investimento acontece por meio da economia na fatura, os relatórios do PIMVP apontam as boas práticas que justificam o valor pago.

O PIMVP também oferece um relatório com reconhecimento internacional, além de melhorar a classificação de eficiência energética para projetos sustentáveis e auxiliar na gestão do consumo.

Como você viu, um projeto de eficiência energética tem um longo caminho a ser percorrido. Exige um estudo completo e um trabalho atento do início ao fim para que tudo seja feito com o melhor custo-benefício possível.

Mas, apesar de todo esse trabalho, saiba que é possível replicar o projeto e reduzir os custos da implantação, caso sua empresa tenha unidades semelhantes.

Por fim, quando tudo isso é feito a partir de uma empresa com experiência e expertise de mercado, a garantia de uma implantação segura e de qualidade é mais que uma certeza. É o voo com destino a um novo momento de muito mais economia e sustentabilidade para sua empresa. E o melhor: valendo cada centavo investido.

Quer saber mais sobre esse assunto, incluindo os procedimentos para fazer um projeto de eficiência energética sozinho? Baixe nosso e-book exclusivo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você também pode se interessar por:

Se inscreva para receber nossas newsletter e acompanhar todas as novidades GY.