O que você precisa saber sobre a contratação de uma usina fotovoltaica

Por aqui, já falamos diversas vezes sobre as vantagens que a energia solar pode levar às empresas, como a redução de despesas com energia elétrica e a diminuição do impacto ambiental.

Todos esses benefícios em um negócio, porém, só podem ser alcançados por meio da implementação de um sistema de energia fotovoltaica e, se a energia solar estiver em seus planos, é bom trazermos mais luz ao tema.

Confira agora tudo o que você precisa saber sobre a contratação de uma usina fotovoltaica!

 

Modelos de negócio

Como toda operação, a geração de energia solar possui alguns modelos de negócio específicos, destinados a diferentes demandas.

Autoconsumo Local: Neste modelo de consumo, a energia produzida pela usina é utilizada pela própria unidade ou estabelecimento onde está instalada, transitando pela distribuidora apenas em caso de excedente energético, que, por sua vez, é convertido em créditos de compensação energética ao consumidor. Nesse caso, é comum que sejam instalados painéis solares no telhado, no estacionamento das unidades ou em um terreno adjacente à unidade consumidora que irá se beneficiar da usina.

Autoconsumo Remoto: Como o próprio nome diz, aqui a energia produzida é consumida por uma unidade da empresa situada em outro local, desde que a usina e a unidade consumidora estejam cadastradas sob o mesmo CNPJ. Também é necessário que a usina e a unidade consumidora estejam dentro da área de concessão da mesma distribuidora.

Geração em Condomínio: Há também a possibilidade do planejamento de estratégias destinadas a condomínios. Nesse caso, a energia gerada pode ser compensada nas áreas comuns primeiro para depois seguir até as salas e escritórios, por exemplo.

Geração Compartilhada: No formato de geração compartilhada, diferentes negócios devem compor um consórcio ou uma cooperativa para adquirir ou alugar cotas de uma usina solar fotovoltaica. A energia gerada pela usina é distribuída de acordo com a cota de cada participante.

 

Contratação e construção de usinas: um breve passo a passo

Agora que você já conhece os principais modelos de negócio de usinas fotovoltaicas, é hora de falarmos do trajeto a ser percorrido antes da implementação dessa modalidade de consumo de energia.

O primeiro passo é analisar os dados de performance e consumo de energia do seu negócio, bem como detalhes da tarifa paga no mercado cativo. Essa etapa serve, basicamente, como um estudo sobre qual modelo de negócio é o mais adequado para você e se irá gerar o retorno esperado.

O segundo passo diz respeito ao estudo da legislação e das normas que dizem respeito à energia solar, como a legalidade de sua implementação e os fatores tributários.

Após isso, é hora de escolher um local para a construção da usina e, para que essa etapa funcione, uma análise cuidadosa dos espaços disponíveis deve ser executada, levando em consideração se a irradiação do local irá atingir as projeções levantadas na primeira etapa para que se tenha um bom projeto e que sejam alcançados os resultados esperados da usina.

O último passo engloba o desenvolvimento do projeto, sua construção/implementação, a realização da manutenção da usina e as análises periódicas de sua performance.

É necessário destacar a importância da contratação de uma empresa especializada no assunto. Isso irá facilitar muito as etapas citadas e garantir que o modelo de negócio escolhido seja o mais adequado para você, além de garantir que a usina gere realmente toda energia projetada e forneça o retorno adequado para sua viabilidade econômico-financeira.

Clique aqui e confira importantes cuidados na hora de contratar uma empresa de energia solar.

 

O modelo GreenYellow

Aqui na GreenYellow trabalhamos com um modelo de aluguel de usinas, no qual realizamos todo o investimento inicial, o projeto, a construção e a operação.

Após a construção da usina, alugamos parte ou ela toda para o cliente, garantindo também sua manutenção.

A GreenYellow possui times jurídico, regulatório, técnico e financeiro especializados, preparados para cuidar da sua energia enquanto você cuida do seu negócio.

Ficou interessado? Fale com a gente!

Até a próxima!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você também pode se interessar por:

Se inscreva para receber nossas newsletter e acompanhar todas as novidades GY.