Algar Telecom inaugura usina solar com 4 mil módulos em SP

imagem Algar Telecom inaugura usina solar com 4 mil módulos em SP

Projeto de GD construído pela GreenYellow será capaz de atender todas as unidades da Algar sob concessão da CPFL em São Paulo, com uma capacidade de produção anual de até 4,5 GWh a depender das condições climáticas

A Algar Telecom iniciou a operação de sua quarta usina fotovoltaica, essa em Lacanga, no interior de São Paulo. As outras três outras operam em Uberlândia (MG) e Bela Vista de Goiás (GO). A unidade paulista conta com 3.960 módulos fotovoltaicos em uma área de seis hectares e foi construída pela GreenYellow, que também é responsável pelo investimento, operação e manutenção do sistema durante 15 anos.

A UFV será capaz de atender todas as unidades da Algar sob concessão da CPFL, com uma capacidade de produção anual de até 4,5 GWh dependendo das condições climáticas. Seu funcionamento está alinhado com o conceito de crédito de energia solar por meio da geração distribuída.

Recentemente, a empresa de TI e telecomunicações do Grupo Algar realizou sua primeira emissão de debêntures atrelada à agenda ESG. O movimento tem como metas, além do investimento em geração de energia limpa, reduzir, até 2030 as emissões absolutas de Gases de Efeito Estufa da empresa em 53% e atingir 91% de consumo de energia por fontes renováveis de projetos próprios em toda matriz energética até 2026.

A modalidade do autoconsumo remoto permite que a energia injetada na rede da concessionária local seja convertida em créditos que podem ser abatidos das diferentes unidades consumidoras da Algar na região desta concessionária. Este modelo permite uma geração mais próxima do local de consumo, reduzindo perdas, bem como traz maior previsibilidade e redução do custo de energia no longo prazo.

Sobre a GreenYellow, a multinacional francesa tem se posicionado como a parceira estratégica para companhias dos mais diversos setores, como telecom, varejo farmacêutico, entre outros, no que se refere à transição energética. Até o momento, já realizou processos semelhantes de aporte, construção, operação e manutenção das usinas em mais de 80 projetos em várias regiões brasileiras.

Fonte: Canal Energia

Posts relacionados

Case de sucesso de empresa sustentável: conta de energia em baixa na Rede Assaí

Case de sucesso: eficiência energética inteligente para o Grupo Casas Bahia

O papel das empresas na luta contra as mudanças climáticas

Cinturão solar: potencial e desafios na geração de energia sustentável

GreenYellow diversifica portfólio solar e prevê investimento de R$400 milhões na operação brasileira até o fim deste ano

Energia verde: saiba como essa solução pode beneficiar o seu negócio