Como investir em empresas ESG? Entenda o que é financiamento sustentável

imagem Como investir em empresas ESG? Entenda o que é financiamento sustentável

Nos últimos anos, o interesse de investidores por empresas aderentes aos conceitos ESG — do inglês, Ambiental, Social e Governança — tem crescido exponencialmente. Isso acontece porque organizações sustentáveis são vistas como mais bem adaptadas às demandas que os diferentes segmentos enfrentam hoje.

As empresas que seguem os princípios ESG são aquelas que adotam práticas e políticas para minimizar danos ambientais, promover a inclusão social e a diversidade em seu quadro de funcionários, e adotar transparência em sua gestão. Por essas razões, são vistas com maior potencial de crescimento a longo prazo.

Mas, para quem ainda não está familiarizado com o tema, captar investimentos para ações de ESG pode parecer uma tarefa complexa. Se for esse o seu caso, não se preocupe, pois este artigo está aqui para descomplicar tudo a respeito do assunto.

Continue a leitura para descobrir como é possível obter financiamentos direcionados para empresas ESG, e de que forma esse incentivo beneficia tanto a sociedade quanto o próprio orçamento das organizações.

O que é financiamento sustentável?

O financiamento sustentável é uma forma de empresas e outras organizações buscarem recursos financeiros para projetos que criam soluções para questões ambientais e sociais, ao mesmo tempo em que geram retornos financeiros. É um tipo de financiamento que tem ganhado cada vez mais espaço no mercado financeiro global.

Segundo o Relatório Gerenciamento de Riscos Globais de 2020, o volume financeiro dos investimentos sustentáveis globais alcançou 35,3 trilhões de dólares nos cinco maiores mercados considerados pelo relatório (Austrália, Canadá, Europa, Estados Unidos e Japão), o que representa cerca de 36% dos ativos financeiros sob gestão no mundo.

As empresas que buscam esse tipo de financiamento sustentável, a fim de adotar boas práticas ambientais, sociais e de governança, tendem a ser mais bem-avaliadas pelo mercado e a apresentar menor risco de investimento.

Qual é a relação entre financiamento sustentável e ESG?

As empresas que desejam seguir os princípios ESG e tornar suas cadeias de produção mais sustentáveis precisam buscar linhas de financiamento sustentável. É essa opção de crédito que pode viabilizar a execução de projetos de sustentabilidade nas empresas e, como consequência, torná-las mais atrativas no mercado de investimentos.

A Bloomberg Intelligence prevê que os ativos globais ligados à agenda ESG ultrapassem 53 trilhões de dólares até 2025, o que representará mais de um terço dos 140,5 trilhões em ativos totais projetados sob gestão.

No Brasil, o “crédito verde” ganha espaço crescente na economia, e isso fica evidente nos dados recentes divulgados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A instituição indica que 68% de sua carteira de crédito está vinculada a projetos que apoiam a economia verde e o desenvolvimento social.

Os fundos, as linhas de crédito e as emissões de títulos verdes são todos instrumentos criados para promover a transição para uma economia mais verde e responsável. Por exemplo, de acordo com a Análise do Mercado de Financiamento Sustentável da Agricultura no Brasil, os títulos verdes já representam 84% do mercado de dívida sustentável, com a soma de USD$9 bilhões emitidos até fevereiro de 2021.

As empresas podem se beneficiar desse incentivo para viabilizar projetos sustentáveis em diversas áreas, como:

  • matriz energética renovável (a instalação de painéis solares, por exemplo);
  • eficiência energética para redução do consumo de energia;
  • gestão de resíduos;
  • saneamento básico;
  • mobilidade urbana de baixo carbono;
  • projetos de grande impacto social.

As parceiras estratégicas, como a da GreenYellow, também têm sido fundamentais para acelerar esse tipo de desenvolvimento sustentável.

A GreenYellow oferece soluções inovadoras para aumentar a eficiência energética das empresas. Nossas soluções também incentivam a transição para um consumo sustentável de energia a partir da energia solar.

Quais as vantagens do financiamento sustentável?

Buscar financiamento sustentável para projetos que seguem os princípios ESG oferece diversas vantagens para as empresas. Aqui estão algumas delas!

Mitigação de riscos

Empresas sustentáveis ​​estão expostas a menos riscos ambientais e sociais, como mudanças climáticas, desastres naturais e escassez de recursos, e estão sujeitas a menos riscos regulatórios e reputacionais. Todos esses fatores são levados em consideração por investidores e financiadores que priorizam uma abordagem ESG.

Valorização da marca

Sua marca é sua identidade no mercado e, como tal, é essencial que ela transmita seus valores e princípios. A busca por crédito verde pode ser parte desse esforço. 

À medida que os projetos sustentáveis mitigam riscos sociais e ambientais, eles também mostram a clientes, investidores e outros stakeholders que você tem uma marca que se preocupa com questões socioambientais.

Melhoria da imagem

Ao adotar práticas mais sustentáveis e responsáveis, as empresas podem mudar a percepção que a sociedade tem delas, passando de vilãs a heróis ambientais e sociais. 

Isso pode levar a um maior apoio dos governos, das ONGs e da opinião pública em geral, o que pode abrir portas para oportunidades de negócios e parcerias.

Uso sustentável dos recursos naturais

A utilização de fontes de energia renováveis e outros esforços sustentáveis ajudam as empresas a minimizar impactos negativos de suas operações no meio ambiente, além de contribuir para a preservação dos recursos naturais para as futuras gerações.

Aumento da competitividade

Ser uma empresa ESG significa estar na vanguarda da sustentabilidade em seu segmento, e isso pode ser um grande diferencial competitivo.

Afinal, as empresas sustentáveis ​​tendem a atrair mais consumidores e investidores conscientes, o que pode levar a um aumento da participação de mercado e até mesmo da receita. 

Como ter acesso ao financiamento sustentável?

Uma empresa interessada em buscar financiamento sustentável deve se preparar para demonstrar o seu comprometimento com a sustentabilidade e estar ciente das possibilidades disponíveis no mercado. Uma das opções é buscar instituições financeiras que oferecem esse tipo de linhas de crédito, como bancos públicos e privados.

Também é necessário que a empresa apresente um plano de investimento alinhado aos critérios de sustentabilidade. Nesse caso, é importante avaliar se as metas estabelecidas para a redução de emissões de gases de efeito estufa, por exemplo, estão em linha com as diretrizes estabelecidas pelas organizações internacionais.

Outra opção é buscar por fundos de investimentos que apoiam empresas com práticas sustentáveis. Esses fundos estão cada vez mais comuns no mercado financeiro e podem ser uma opção interessante para empresas que buscam recursos para investir em projetos que atendam aos critérios ESG.

A empresa também deve estar em dia com as suas obrigações legais e fiscais, além de ter um histórico de crédito positivo.

Quais os cuidados no momento da contratação?

Ao buscar um financiamento sustentável, é necessário que a sua empresa esteja atenta a alguns cuidados para garantir que o investimento seja realmente sustentável.

É fundamental, por exemplo, escolher uma instituição financeira com experiência nesse tipo de financiamento, que tenha critérios claros para avaliar os projetos e que esteja comprometida com a sustentabilidade. No Brasil, a principal instituição financeira comprometida com o crédito verde é o BNDES.

Mas não para por aí. Também é importante que a empresa tenha um plano de negócios bem-estruturado e um projeto viável, que considere os aspectos ambientais, sociais e de governança.

Por fim, a empresa que consegue financiamento para projetos ESG deve se comprometer a reportar o atingimento de metas e de conclusão. Isso significa fornecer informações claras e precisas sobre como os recursos foram utilizados, quais foram os impactos gerados e os resultados alcançados. 

Esse tipo de transparência é fundamental para aumentar a confiança dos investidores e demonstrar compromisso com a sustentabilidade.

Além de representarem um investimento ético e responsável, as empresas ESG apresentam maior resiliência a longo prazo. Portanto, vale a pena aproveitar as oportunidades de criar projetos verdes e obter financiamento sustentável.

Quer descobrir como a GreenYellow pode ser uma parceira de empresas comprometidas com o ESG? Confira nossas soluções em energia!

Posts relacionados

Case de sucesso: eficiência energética inteligente para o Grupo Casas Bahia

O papel das empresas na luta contra as mudanças climáticas

GreenYellow investe R$ 14,5 mi em contratos de eficiência energética com redes de varejo

Mercado livre de energia: como funciona em 2024?