Energia verde: saiba como essa solução pode beneficiar o seu negócio

imagem Energia verde: saiba como essa solução pode beneficiar o seu negócio

Sabia que investir em energia verde pode ajudar sua empresa a lucrar mais? Uma pesquisa feita pela Union + Webster revelou que 87% dos brasileiros preferem adquirir produtos de empresas sustentáveis — e 70% não se importam em pagar mais por isso

É claro que esse não é o único benefício que as fontes de energia sustentáveis podem trazer aos negócios e à sociedade em geral. Se você quer entender melhor o tema e diferenciar a sua empresa, siga lendo este artigo!

O que é energia verde?

Energia verde é aquela proveniente de fontes renováveis e que não gera substâncias poluentes e contaminantes, nem gases que agravam o efeito estufa

As fontes renováveis são aquelas que não se esgotam com o passar do tempo, como o sol, os ventos, a maré, entre outras.

Já a geração de energia que utiliza combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão mineral, não são renováveis. Afinal, essas substâncias demoraram anos para se formarem e não conseguem ser renovadas em nosso tempo na Terra.

Além disso, quando esses itens são queimados para a geração de energia, liberam uma alta quantidade de gases de efeito estufa, contribuindo para o aquecimento global e diversos problemas ambientais.

A estimativa é que essas fontes não renováveis sejam cada vez menos usadas nos próximos anos. Essa é uma das principais conclusões do Relatório do Mercado de Eletricidade de 2023 da Agência Internacional de Energia (AIE).

O estudo prevê que as fontes renováveis, como a energia solar e a eólica, atenderão a mais de 90% do aumento da demanda global energética até 2025.

Qual é o objetivo da energia verde?

A energia verde tem como objetivo primordial mitigar a emissão de poluentes na atmosfera, especialmente aqueles que contribuem para o agravamento do efeito estufa, para alcançar e preservar um equilíbrio ambiental

Contudo, além desse propósito central, a energia verde abarca diversos objetivos secundários — os quais, somados, contribuem para o seu objetivo principal.

Quando pensamos nas empresas, por exemplo, o uso de energia verde pode ser uma grande ajuda para tornar as organizações mais sustentáveis. 

Grandes operações empresariais consomem muita energia, e nem sempre essa energia é amiga do meio ambiente. Ao optar pela energia verde, as empresas podem diminuir o impacto ambiental do seu consumo de energia enquanto se beneficiam também da redução dos custos de energia, pois as fontes renováveis têm valor menor do que energias fósseis e, muitas vezes, redução de encargos da tarifa de energia total.

Uma consequência particularmente benéfica desse comprometimento é a diminuição da pegada de carbono associada às atividades da empresa.

A pegada de carbono, que se refere à quantidade total de gases de efeito estufa emitidos direta ou indiretamente por uma entidade, é um indicador popular para avaliar o impacto ambiental das operações das organizações.

Quais são as fontes de energia verde?

São várias as fontes de energia verde, cada uma com características próprias.

Energia solar

Essa é a energia produzida por meio dos painéis solares que conseguem captar a luz e a energia do sol e transformá-las em:

  • energia fotovoltaica, com conversão da luz solar em energia elétrica que pode ser usada para abastecer uma residência, empresa, propriedade rural ou indústria;
  • energia solar térmica, os raios solares são usados para transformação em energia térmica, aquecendo as águas de torneiras e piscinas em casas, empresas e outros estabelecimentos.

A energia solar se destaca como uma das fontes mais abundantes no mundo e ocupa uma posição ainda mais proeminente no Brasil. 

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil atingiu uma marca expressiva na adoção desta fonte de energia, com 37.293 MW de potência instalada em 2023, quando consideramos tanto a geração distribuída quanto a centralizada. 

Este volume consolida a energia solar fotovoltaica como a segunda maior fonte da matriz elétrica do país, representando 16,5% da capacidade instalada total, refletindo o potencial e o compromisso do Brasil com a transição para fontes de energia renováveis e sustentáveis.

Além disso, a produção dessa energia não é poluente: os painéis ficam instalados em pontos que não influenciam na estética da fachada dos imóveis e não alteram a paisagem das áreas planas não ocupadas.

A estrutura tem uma alta durabilidade (acima de 25 anos) e, em poucos anos, o investimento começa a se pagar, garantindo economia.

Energia eólica

A energia eólica é aquela gerada a partir do movimento dos ventos. Para isso, são usados aerogeradores com pás que giram de acordo com a força dos ventos, convertendo tal força em energia elétrica.

Energia maremotriz

É a energia gerada a partir do movimento das marés. Ele é aproveitado por um sistema de turbinas, que converte esse movimento em energia elétrica.

Energia de biomassa

Energia gerada a partir dos restos de matéria orgânica usada em outros processos, como os agrícolas. São várias as possibilidades de uso da biomassa, sendo a mais comum a aceleração da decomposição para posterior queima, com a biomassa trabalhando de maneira semelhante às fontes de combustíveis fósseis.

Então, assim como a queima de combustíveis fósseis, a energia de biomassa também gera gases poluentes. Porém, reutiliza materiais acumulados em lixões.

Energia geotérmica

É proveniente de usinas instaladas em locais com atividades térmicas. Por exemplo, gêiseres, vulcões e fontes termais. O sistema aproveita os vapores gerados para movimentar uma turbina que gera eletricidade. 

Esse tipo de energia emite baixíssimos níveis de gases poluentes e tem poucos impactos ecológicos. Contudo, são poucos os locais onde as usinas podem ser instaladas.

Energia hidrelétrica

É a energia gerada a partir das águas dos rios, sendo o modelo mais usado no Brasil. Contudo, para a criação das barragens, há grande impacto ambiental, com áreas alagadas e alteração da biodiversidade da região — além dos impactos econômicos trazidos para as comunidades ribeirinhas.

Que tipo de energia verde o Brasil produz?

A matriz elétrica do Brasil é robusta e diversificada, com uma significativa participação de fontes renováveis. Conforme o infográfico da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), em 2023, a energia verde compõe uma parte considerável da produção elétrica do país:

  • Hídrica: 48,8%, a maior contribuição entre as fontes renováveis;
  • Fotovoltaica: 16,5%, destacando o crescente investimento em energia solar;
  • Eólica: 12,7%, refletindo o aproveitamento do potencial dos ventos brasileiros;
  • Biomassa e Biogás: 7,5%, representando o uso de recursos orgânicos para geração de energia.

Com mais da metade da sua eletricidade proveniente destas fontes limpas e renováveis, o Brasil demonstra seu compromisso com a sustentabilidade e com o avanço em direção a uma matriz energética cada vez mais verde. 

Energia verde para empresas: como começar?

Quando pensamos em utilizar energia verde nas empresas, é normal ficar um pouco perdido no meio de tantas opções e desafios. Separamos algumas informações sobre como dar os primeiros passos e os benefícios de apostar em energia verde, confira!

Como usar energia verde?

Dar os primeiros passos em direção à energia verde pode parecer um desafio, especialmente para as empresas que enfrentam dificuldades para conduzir o processo de transição energética por conta própria. A boa notícia é que não é preciso fazer tudo sozinho.

O ideal é contar com a ajuda de especialistas em transição energética, como a GreenYellow, para garantir que todo o processo seja eficaz e completo.

A GreenYellow oferece uma gama de soluções que cobrem todas as etapas da transição energética do seu negócio. Na lista abaixo, veja quais são os quatros principais serviços da GY.

Shift Efficiency

Conjunto de soluções focado em aumentar a eficiência energética das empresas por meio de novos equipamentos e revitalização de sistemas existentes (retrofit). Os projetos personalizados da GreenYellow ajudam na redução do consumo e dos custos energéticos, manutenção e atualização de equipamentos e diminuição das emissões de CO2.

Shift Production

Direcionada à produção de energia verde, a GreenYellow investe em projetos de energia solar, oferecendo desde o design até a gestão de ativos. As soluções incluem telhados solares, fazendas solares e carports;

Shift Services

Englobando comercialização de energia, armazenamento e certificações, esse conjunto de soluções inclui negociação de custos, gestão de energia, transição para o mercado livre e compensação de emissões por meio de I-RECs e créditos de carbono

Caso você ainda não saiba como funciona o Mercado Livre, esse é um ambiente de negociação que permite às empresas escolher seus fornecedores de energia, os tipos de energia (inclusive as formas de energia verde) e negociar os preços com total autonomia. 

O objetivo é ajudar empresas a garantir que a energia consumida seja proveniente de fontes renováveis. 

Shift Mobility

A GreenYellow ainda oferece infraestrutura de recarga para carros elétricos. O modelo “Charge as a Service” engloba a instalação, operação, manutenção e fornecimento de energia renovável para os pontos de carregamento, com investimento realizado totalmente por nossa equipe.

Energia verde simbolizada com lâmpada e árvore

Quais os benefícios da energia verde para empresas?

As empresas que trabalham com o viés da sustentabilidade têm sido mais procuradas pelos consumidores. Afinal, o perfil dessas pessoas está mudando — e cada vez mais as marcas com propósito são preferidas.

Isso se deve, principalmente, à chegada no mercado consumidor dos Millennials, a geração nascida entre 1981 a 1998 e que, hoje, são o maior público consumidor do país. 

Essa nova geração apresenta uma preocupação muito maior com a sustentabilidade e com o futuro do planeta. Assim como a próxima geração (que deve dominar o mercado em alguns anos), a geração Z.

Por isso, a tendência de valorizar as marcas sustentáveis deverá ser uma crescente nos próximos anos. Se a sua empresa deseja conquistar e fidelizar esse público, é indispensável adotar medidas sustentáveis e investir no marketing verde. 

Mas não são apenas os consumidores que preferem empresas sustentáveis, os investidores também. Inclusive, existe um índice para medir essa questão, que é o ESG, sigla para Environmental, Social and Governance (Meio Ambiente, Social e Governança).

Muitos investidores utilizam o ESG para medir o comprometimento das empresas com práticas sustentáveis, respeito aos direitos sociais e boas práticas de governança. Quem investe em energia verde se beneficia desse tipo de avaliação, pois a produção de energia renovável contribui diretamente para a parte ambiental do ESG.

Por todos esses motivos, estamos seguros de que a aposta em energia verde é um caminho inteligente para construir uma imagem positiva da empresa, atrair novos clientes e garantir a sustentabilidade do negócio a longo prazo.

Estudos de caso: tenha sucesso com energia verde com a GreenYellow

No cenário nacional, a GreenYellow consolidou-se como principal parceira de empresas que buscam tornar suas operações mais sustentáveis com a energia solar. 

Abaixo, apresentamos três casos de sucesso que destacam a eficácia das soluções da GY para empresas de diferentes setores. Confira os resultados de cada projeto e os reais benefícios associados ao investimento em energia solar!

Claro 

A GreenYellow é a principal parceira do programa “Energia da Claro”, projeto que visa fornecer energia limpa para as instalações da líder de comunicações em todo o país. 

Com mais de 234 mil painéis solares instalados pela GY, a Claro já garantiu com a GreenYellow uma potência instalada de 73,6 kWp, além dos benefícios ambientais: cerca de 14.800 toneladas de CO2 evitadas, o equivalente a 74.400 árvores plantadas.

A parceria entre GreenYellow e Claro trouxe para a empresa uma redução drástica nas despesas energéticas, diminuição da pegada de carbono e garantia de fornecimento de energia limpa para os próximos anos.

Magazine Luiza

A GreenYellow liderou a implementação e operação de cinco fazendas solares para a Magazine Luiza em modalidade de Geração Distribuída, situadas em Coroados (SP), Riolândia (SP), Florestópolis (PR), Canarana (MT) e Padre Bernardo (GO).

A Magazine Luiza é uma renomada rede varejista com mais de 1.300 lojas físicas espalhadas por 20 estados do Brasil, além de 23 centros de distribuição.

As fazendas solares somadas apresentam uma potência instalada de 6,7 MWp. Graças à instalação de mais de 20.800 painéis, foi possível alcançar uma produção anual de 13,3 GWh de energia solar

Com as fazendas solares, a Magazine Luiza alcançou o equivalente a 1.300 toneladas de CO2 evitadas por ano, reforçando o comprometimento ambiental da empresa e consolidando a parceria bem-sucedida com a GreenYellow.

Assaí

A rede Assaí Atacadista, parte do Grupo Casino, adotou os telhados solares da GreenYellow em diversas unidades pelo Brasil. Na unidade no Rio de Janeiro, por exemplo, foram instalados mais de 3 mil telhados solares, com potência instalada de 995 kWp

Esse investimento não apenas atendeu às demandas energéticas do atacado, mas também evitou cerca de 134 toneladas de CO2, equivalente a 642 árvores plantadas. 

O Assaí demonstra como a implementação de soluções de energia verde pode ser uma estratégia eficaz para atacadistas, garantindo um abastecimento de energia sustentável e contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Se você deseja levar a energia verde ao seu negócio, é fundamental contratar uma empresa especializada como a GreenYellow, capaz de dimensionar o sistema de acordo com as necessidades da instituição e garantir eficiência.

Agora que você sabe o que é energia verde, quer saber mais sobre as soluções da GreenYellow? Aproveite para conferir o case de eficiência energética da Casas Bahia!

¹ https://www.terra.com.br/noticias/dino/segundo-dados-consumidores-preferem-corporacoes-que-cuidam-do-meio-ambiente,0a56047f33e1d7d60cad8b065043d55d63fldsju.html

Posts relacionados

Case de sucesso de empresa sustentável: conta de energia em baixa na Rede Assaí

Case de sucesso: eficiência energética inteligente para o Grupo Casas Bahia

O papel das empresas na luta contra as mudanças climáticas

Transforme seu negócio com o marketing verde: descubra o que é, vantagens e exemplos

Economizar energia com inovação: o impacto das soluções de eficiência energética na Leroy Merlin

Eficiência energética na indústria: confira as tendências do setor

GreenYellow fecha parceria com Enerzee para expandir atuação no mercado de telhados C&I